O que é resiliência?


Resiliência é agir do modo mais estratégico possível, para enfrentar desafios e adversidades, por meio de pensamentos e comportamentos flexíveis, buscando sofrer o menor impacto negativo.​​

Porém, não na condição de vitimizados ou prisioneiros de histórias carregadas de culpas e rancores, mas cognitivamente ressignificados e enriquecidos pela experiência da adversidade, caminhando resolutamente à frente com vistas a viver mais e melhor.

Agir de modo estratégico, se dá a partir das oito principais habilidades cognitivas que constituem a resiliência e promovem o comportamento resiliente e flexível.

Uma boa ligação entre estas habilidades é indispensável para a flexibilidade cognitiva e comportamental, nos momentos em que estamos enfrentando desafios, conflitos e turbulências do dia a dia.

Essa habilidade de agir com resiliência é construída por meio da ressignificação de nossas crenças mais profundas, que possibilitam organizar caminhos para transcender os empecilhos da vida e ter um olhar próspero para um futuro com superação.

É importante ressaltar que essas crenças relacionadas com a resiliência, são estruturadas no desenvolvimento de nossas histórias de vida.

Quando passamos a ter uma história de vida que proporciona a organização de crenças flexíveis e adequadas nas habilidades vinculadas com a resiliência, estaremos mais aptos para enfrentar as situações adversas com maior possibilidade de compreender e tomar decisões que serão apropriadas para superar as dificuldades que temos, em diferentes momentos de vida.

 

E quando existe uma situação na qual é necessário ter uma conduta e comportamentos resilientes?


Ao pensar em como agir com resiliência, é importante observar os pensamentos, as ideias que estão sendo utilizadas para os diferentes tipos de enfrentamentos da situação espinhosa.

Entender de como as suas convicções estão diretamente vinculadas com os seus comportamentos diante das situações de estresse.

Lembre-se, nem todos os pensamentos estão ligados com a resiliência.

As crenças e convicções que você tem sobre seu time de futebol ou sobre um passeio do final de semana, não estão vinculadas com a resiliência.

Confira quais são as oito áreas que estão diretamente ligadas à resiliência comportamental:

 

Autocontrole

Analisar o Contexto

Autoconfiança

Leitura Corporal

Empatia

Conquistar e manter pessoas

Otimismo de viver

Sentido de vida

 

 


.