Resiliência no trabalho para profissionais mais flexíveis


13/07/2016 | Publicado por SOBRARE | Sem Comentários


O post de hoje é a indicação de um belo projeto acadêmico que buscou compreender a resiliência no trabalho e como se dão os comportamentos resilientes dentro de um ambiente altamente estressante.

O estudo foi desenvolvido pelas alunas Caroline Mandes e Maria Elisabete N. Brisolla, na cidade de Piracicaba em São Paulo, com foco nos desafios do dia a dia dos profissionais no setor bancário.

Continue lendo o texto, para você descobrir quais foram os principais fatores encontrados ao longo da pesquisa e como a resiliência está presente na vida desses profissionais.

Você poderá encontrar semelhanças com os seus desafios profissionais e tomar nota de alguns comportamentos evidenciados ao longo do projeto, que promovem resiliência.

Qual o embasamento do projeto?

Como consequência de uma sociedade globalizada e do intenso e irreversível processo de mudanças e transformações que ocorrem atualmente em diversos setores, o ser humano encontra-se cada vez mais em contato com novas tecnologias, novos produtos, novos conhecimentos, novas exigências, tanto no campo social como no ambiente corporativo, tendo de adaptar-se para manter-se produtivo e sobreviver num mercado de trabalho escasso e competitivo.

Essas mudanças têm como principal característica o desdobramento de uma série de eventos transformadores na sociedade e no ambiente empresarial, causando fortes impactos na vida do ser humano.

Percebe-se que os impactos decorrentes no comportamento das pessoas permeiam todas as áreas de suas vidas e colaboram fortemente para a transformação do mundo do trabalho.

Em sua rotina corporativa, os profissionais enfrentam pressões cada vez maiores, pois as empresas buscam retorno positivo, almejam maiores resultados com menores custos, enfim, buscam maior lucratividade, e para atingir esses objetivos, pressionam seus funcionários por melhores resultados.

resiliência no trabalho

Estes acabam sofrendo com metas as serem cumpridas, competição acirrada, prazos exíguos para realizar suas tarefas, cobranças por mais eficiência, qualidade, produtividade e, muitas vezes, a convivência com colegas e superiores estressados.

Existe, então, a necessidade de adaptação do trabalhador a essas mudanças constantes e às pressões sofridas em sua vida pessoal e profissional. Surge a necessidade de sua maior qualificação profissional, e de adquirir outras competências e habilidades que o tornem apto a enfrentar esses novos desafios.

Resiliência no trabalho para profissionais que precisam ser mais flexíveis

Ao considerar o ser humano no ambiente organizacional e as pressões que vem sofrendo, surge a interrogação:

“Como algumas pessoas enfrentam mais facilmente que outras as situações de mudanças constantes e de adversidade?“

No próximo milênio, o desafio será tornar as pessoas mais resilientes e invulneráveis, de forma a permitir que criem resistência às dificuldades que a vida impõe.

Seguindo esse pensamento, pode-se dizer que a única certeza é a mudança constante, que torna mais competitivo o mundo dos negócios e afeta a sociedade em geral.

A habilidade ou competência que possibilita que o ser humano consiga ter boas relações interpessoais, superar crises e ainda ser flexível e criativo diante das dificuldades e das adversidades é chamada de resiliência.

Mas nem todo ser humano é resiliente, e quando é, não consegue ser em tempo integral.

Enquanto algumas pessoas conseguem superar as adversidades, levantar-se e continuar, outros travam ou se desesperam, sentindo-se incapazes de enfrentar os desafios e obstáculos do dia a dia, seja no âmbito pessoal, social ou profissional.

Nesse ponto, surgem alguns questionamentos, por exemplo:

  • O que difere uma pessoa da outra no quesito resiliência?
  • Podemos aprender a ser resilientes?
  • Como ocorre esse processo?
  • As pessoas são influenciadas pelo ambiente que frequentam?
  • Podemos mapear e analisar a resiliência das pessoas?

Objetivo geral desta pesquisa

Diante do exposto, o objetivo geral desta pesquisa é mapear e analisar a intensidade de resiliência em profissionais que atuam no setor bancário da cidade de Piracicaba – SP, diante de situações de estresse.

A pesquisa ainda se propõe a:

  • Descrever as dificuldades desses profissionais ao encarar o estresse na rotina de trabalho
  • Identificar as diferentes performances de resiliência dos bancários frente às adversidades de seu dia a dia
  • Apontar os fatores de risco e de proteção da resiliência.

A relevância que as pesquisadoras buscaram dar neste trabalho e o motivo da escolha desse tema se devem à importância de se conhecer o nível de resiliência diante das situações de estresse dos profissionais que atuam no setor bancário, que possuem uma rotina dinâmica de trabalho. e além disso, a análise dos resultados pode contribuir com as organizações e profissionais de gestão de pessoas, principalmente para que passem a valorizar seus trabalhadores que já possuem comportamentos resilientes.

Os líderes e gestores, podem ainda habilitar seus profissionais através de treinamentos adequados, que poderão melhorar sua intensidade de resiliência diante das adversidades enfrentadas diariamente, aumentando sua qualidade de vida como forma de prevenir doenças causadas pelo estresse, podendo gerar economias substanciais para as empresas onde trabalham devido a diminuição de absenteísmo.

Ao longo do projeto você poderá aprender sobre características do setor bancário em geral e sobre o tema resiliência. Em seguida, a metodologia da pesquisa e da análise dos resultados coletados com auxílio do QUEST_Resiliência. Posteriormente as considerações finais e as referências bibliográficas utilizadas.

Acesso ao Trabalho completo

Você pode clicar aqui para ter acesso ao trabalho completo, na página de publicações no site da SOBRARE.

Para vivenciar novas experiências e conhecer outros trabalhos de pesquisa sobre resiliência, venha participar do 3º Congresso Brasileiro de Resiliência.

Além de palestrantes renomados no âmbito de gestão de pessoas e promoção da resiliência, teremos a apresentação dos trabalhos científicos ao longo da programação. O evento acontece no dia 12 de novembro de 2016, e você já pode garantir o seu ingresso no banner abaixo.

Aproveite esse conteúdo e deixe o seu comentário ou crítica construtiva.

Imagens: Freepik

SOBRARE

SOBRARE

Sociedade Brasileira de Resiliência, compartilhando conhecimento em resiliência e trazendo recursos necessários para que pessoas e organizações superem suas adversidades.

Mais posts



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *