História do Quest_Resiliência

Home » História do Quest_Resiliência

A SOBRARE desenvolveu, por meio de suas parcerias, um conjunto de instrumentos para o mapeamento da resiliência.

Um dos principais instrumentos de resiliência é a escala denominada “Quest_Resiliência“. Por ela se pode mapear e compreender o tipo de superação de uma pessoa ou de um grupo quando diante de situações de adversidades e de um forte e contínuo estresse.

Também em situações de alta tensão que se estendem por um período significativo, ou frente aos desafios e enfrentamentos que exigem determinação, negociação, ousadia e muita flexibilidade. Ou ainda naquelas situações como desempregos, mudanças bruscas de culturas e regiões, graves doenças, mortes, quebras significativas de vínculos (abandono / divórcio), abusos, entre tantas outras situações que abalam e desestruturam a resiliência em uma pessoa.

Pessoas com consistente resiliência desenvolvem a capacidade de superação ao harmonizarem os pensamentos de modo adequado aos comportamentos, tornando-se mais flexíveis e amadurecidas no enfrentamento das adversidades e desafios. O Quest_Resiliência permite mapear qual é a atual condição de resiliência em que uma pessoa está e evidencia quais os pontos devem ser desenvolvidos.

Hoje para proporcionar maior facilidade no acesso ao instrumento, o Quest_Resiliência é disponibilizado apenas no formato On-line.

Sobre os resultados

A escala de resiliência “Quest_Resiliência” em suas versões, possibilita mapear os índices numéricos em oito modelos de crenças, apresenta os resultados em blocos de texto. O primeiro bloco do texto, traz uma visão geral da crença. Outro bloco traz a descrição dos aspectos relevantes sobre o padrão de respostas naquela crença em particular. Permite verificar em que modelo de crenças se deve apenas fazer a manutenção de fortalecimento por estar com um índice adequado, ou avaliar em qual modelo de crença se necessita fazer um maior investimento.

A escala de resiliência “Quest_Resiliência” permite, de igual modo, constatar a existência de crenças vulneráveis que foram apresentadas nas respostas e com isso visualizar onde é possível resinificar as crenças em fragilidade, a fim de se obter uma condição de “melhor em resiliência”

As pesquisas com uma escala de resiliência se originram na validação inicial ocorrida em 2006 quando do doutoramento do Professor George Barbosa na PUC/SP. Nessa primeira validação foram trabalhados 07 fatores com uma abordagem psicológica. Maiores detalhes podem ser obtidos em sua Tese (clique aqui para acessar a tese).

A partir de 2006, com o transcorrer de novas pesquisas, o Prof. Dr. Barbosa constatou a necessidade de ampliar sua investigação científica com a temática da resiliência. Abdicou da versão de 2006, passando a pesquisar a Resiliência por meio de oito modelos básicos de crenças. Em 2009 a nova escala, conhecida como Quest_Resiliência foi validada,

Atualmente a SOBRARE detém os direitos de cessão de todas as versões, e disponibiliza a ferramenta especificamente no desenvolvimento da Formação de Coaching em Resiliência ou para todos aqueles que estão envolvidos com pesquisas.