5 trabalhos acadêmicos que abordam o tema da resiliência para você conhecer


20/04/2016 | Publicado por SOBRARE | Sem Comentários


Nos últimos anos a SOBRARE tem proporcionado subsídio para pesquisadores de todo Brasil terem um espaço para divulgarem os seus trabalhos acadêmicos de resiliência.

Dentro do site da SOBRARE, existe uma página específica e dedicada as publicações de projetos acadêmicos de diferentes campos do conhecimento, porém, sempre relacionados ao estudo dos comportamentos resilientes.

Além de ceder esse canal de divulgação aos pesquisadores, existe também todo o apoio ao desenvolvimento dos projetos científicos por meio da escala de mensuração da resiliência (Quest_Resiliência), que proporciona desenvolver um mapeamento das principais áreas relacionadas aos comportamentos da resiliência. Você pode verificar essas informações de apoio para projetos acadêmicos clicando aqui nesse link.

O resultado que a SOBRARE conquistou com esse espaço dedicado aos pesquisadores, foi de 48 projetos publicados no site até o presente momento e você pode ter acesso do conteúdo de forma gratuita.

Aqui nesse post, temos o objetivo de apresentar 5 trabalhos acadêmicos de resiliência que podem auxiliar muito o seu conhecimento sobre a construção do conceito, as características mais evidentes nos comportamentos resilientes e resultados encontrados durante os estudos.

Aproveite o material que separamos para você!

trabalhos acadêmicos de resiliência

1#) RESILIÊNCIA EM PROFISSIONAIS DA SAÚDE: PERCEPÇÃO E REALIDADE SOBRE AUTOCUIDADO

Este estudo, tem como objetivo compreender como os homens, profissionais da saúde, tem estabelecidos a autopercepção perante o corpo. No campo da saúde os profissionais lidam com desafios crescentes e adversidades cotidianas e há necessidade de conhecer e desenvolver habilidades para este enfrentamento.

As autoras deste projeto são: Ana Paula Lopes dos Santos e Rosana Trindade Santos Rodrigues

2#) RESILIÊNCIA NA LIDERANÇA MÉDIA DE UMA SIDERÚRGICA MULTINACIONAL BRASILEIRA

O comportamento das empresas tem sido significativamente modificado, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento de seus líderes. O contexto atual das organizações é cercado por incertezas, que muitas vezes resultam em crises e pressões que requer enfrentamentos constante às situações instáveis, em qualquer nível relacional.

No entanto, quando fala-se de resiliência em organizações, se trata de uma tomada de decisão quando alguém depara com um contexto entre a tensão do ambiente e a vontade de vencer.

Os autores deste projeto são: Felipe Weidlich e Neusa Mendel

3#) ESTAR RESILIENTE: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA PARA PROFESSORES DA ESCOLA PÚBLICA

Este projeto buscou identificar por meio de pesquisa bibliográfica o estar resiliente como competência, habilidades e formação de conceito, os três eixos fundantes do processo de aprendizagem humana, que podem ser trabalhados pelo psicólogo escolar com o professor da escola pública, através da abordagem resiliente.

A educação que esta resiliente requer agilidade, para assim, fornece recursos que desenvolvam a confiança e proteção para todo ambiente escolar.

Os autores deste projeto são: Ezequiel de Oliveira; Elisângela da Rocha Cardoso; Ana Carolina Machado; Maria José Bento e Valdineide S. Fonseca.

4#) AFRORRESILIENTES: A RESILIÊNCIA DE MULHERES AFRODESCENDENTES DE SUCESSO EDUCACIONAL

Tem como objetivo geral investigar os modelos de resiliência em um grupo de mulheres afrodescendentes, em especial no que concerne à descrição do perfil do grupo de mulheres afrodescendentes participantes da pesquisa.

Busca entender a resiliência, seus modelos e suas características; identificar os modelos de resiliência apresentados por esse grupo de acordo com o instrumento Quest_Resiliência. Os dados acessados e analisados propiciaram mapear, no grupo das mulheres participantes do estudo, oito características constitutivas da resiliência, além de fornecer subsídios para melhor problematizar a temática em questão, sugere algumas prospectivas para futuras investigações sobre educação, gênero e afrodescendência.

A autora deste projeto: Lucienia Libania Pinheiro Martins

5#) RESILIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA DE DOCENTES DE ENFERMAGEM

As políticas de educação, no Brasil e no mundo, vêm sofrendo várias modificações em um curto espaço de tempo, o que obrigado as IES e os docentes que nelas atuam a se adequarem a essas mudanças, muitas vezes, sem tempo hábil e estrutura de apoio para tal.

Essa necessidade de adaptação às novas regras e exigências gera sobrecarga no trabalho e, quase sempre, implica em sofrimento físico, psíquico e social, interferindo na qualidade de vida desses profissionais. Nesse contexto se inserem os docentes de enfermagem e a resiliência, constructo do qual a enfermagem tem se aproximado mais recentemente, se apresenta como estratégia segura para o enfrentamento das pressões geradas no ambiente de trabalho.

A autora deste projeto: Maria Emília Grassi Busto Miguel.

Aqui apresentamos alguns trabalhos acadêmicos de resiliência para você conhecer e ter como base para aprender sobre o tema, tomar nota dos referenciais teóricos e descobrir como a resiliência é desenvolvida em diferentes tipos de ambientes e situações.

Mas, vale ressaltar que no site da SOBRARE existem outros projetos que abordam estudos sobre resiliência e seu desdobramento em diferentes cenários. Vale a pena conferir!

SOBRARE

SOBRARE

Sociedade Brasileira de Resiliência, compartilhando conhecimento em resiliência e trazendo recursos necessários para que pessoas e organizações superem suas adversidades.

Mais posts



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *